segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Goebbels e o "sim" do povo

"Eu lhes pergunto: Vocês querem a guerra total?" Nesse momento o discurso é interrompido por aplausos e gritos de "sim", Goebbels insisti na pergunta. "Vocês a querem, se necessário, mais total e radical do que a podemos imaginar hoje?". No mesmo instante a massa aglomerada se ergue em uma mescla de acesso histérico e ufanismo poucas vezes vista na história e com um categórico "sim" da platéia o caráter hediondo das ofensivas nazistas se acentuou ainda mais, tomando formas até então inimagináveis. Paira uma pergunta que se enquadra não só aqui, mas na maioria das situações em que um determinado governo promove atrocidades deliberadas. Em que medida o pvo é vítima e em que medida é algoz?
*Leandro M. de Oliveira
**Gustavo, pense nisso...

2 comentários:

Dri Viaro disse...

Oi, vim conhecer seu blog, e desejar um bom dia
bjsss

aguardo sua visita :)

Dri Viaro disse...

Boa semana pra vc.
Voltarei com mais tempo depois.
bjssss